Pesquise

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Comemorem o dia dos namorados!

Compreenda que dia 12 de junho é o dia dos namorados. Dos namorados. No dicionário, define-se por namoro: Esforçar-se para conseguir o amor de; cortejar, galantear. Dessa forma, os carentes que amam uma pessoa diferente a cada 2 meses que me desculpem, mas não estão incluídos na comemoração. Também não se incluem os adeptos ao namoro de duração inverno-férias, estrategicamente programado para terminar quando chegar a praia e o carnaval. Não se incluem os desrespeitosos, possessivos, os que traem, os desconfiados, nessa comemoração.
Em meio a corações espalhados pela rua num vermelho obcecado, comemorem os casais cúmplices da paixão. Os que prezam pelo cortejo e galanteio. Os que se respeitam e confiam acima de tudo. Os que compreendem que não são o motivo de viver do outro, mas que dão alegria e amor suficientes para serem.
Comemore quem está disposto a sair de madrugada para ouvir choros, dar presença e afago ao parceiro. Quem, passado 5 meses ou 5 anos, ainda sente frio na barriga quando está prestes a encontrar a pessoa. Quem liga de madrugada para lembrar o amor que sente pelo outro. Quem compra flores e te leva para jantar fora. Ou quem cozinha em casa para ti. Quem está sem dinheiro e com fome, e compra um xis-tudo e ainda divide com a pessoa.
Comemore o que vai fazer de tudo para deixar as coisas bem, mesmo quando não estiverem. O que vai fazer de tudo pra colocar um sorriso no rosto do outro. O que rouba cobertor no meio da noite e o que compartilha ele. O que vai estar disposto a passar horas no telefone pra falar com o outro sobre coisas fúteis depois de um dia cansativo. O que dorme falando com a pessoa por não ter vontade de parar de conversar. O que tem coragem de esperar fazer compras. O que tem paciência para engolir o futebol com os amigos. Os que querem estar com o outro mesmo quando podem estar em qualquer outro lugar.
Festejem os que compartilham memórias, confissões, histórias e viagens únicas e também os que desejam compartilhar. Os que tem a certeza de que nasceram um para o outro, e os que buscam essa certeza plena com os bons momentos já passados juntos. 
Comemorem os que passam o tempo inteiro se chutando e tapeando, mas que no fundo se amam. Os que se veem todos os dias e não enjoam, pelo contrário, sentem falta. E os que esperam a semana toda para se verem no findi.
Comemorem os adeptos ao filminho com pipoca e cobertor no sofá da sala num domingo a tarde. Também os que fazem piquenique no parque neste mesmo dia. Felizes os que um dia tiveram medo de saber quando era a hora certa de pegar na mão do outro. E os que não tem costume mas assim se amam, também.
Os que sabem respeitar o tempo e espaço um do outro. Os que sabem surpreender, mas também os que sabem nadificar. Os que compreendem a família do parceiro, os estudos e os amigos. Os que sabem de cor os gostos deste, mas que ainda assim tem vontade de conhecer cada dia mais. Os que já fizeram loucuras sem ter porquê ou coisa outra qualquer. Os que dormem sorrindo, pensando como são felizes no relacionamento. 
Comemorem estes, todos estes! Os casais românticos, briguentos, discretos, espalhafatosos, festeiros ou caseiros. Todos os que namoram. Porque ainda há de haver amor. Mas comemorem direito. Sem somente declarações virtuais. Sim, todas as redes sociais serão recheadas só e somente de declarações amorosas neste dia. Não seja apenas mais um. 
Faça uma surpresa. Galanteie. Surpreenda. Corteje todos os dias. Mas neste dia especialmente. Coloque a roupa preferida do outro, ainda que não seja a sua. Visite o lugar mais marcante para os dois. Lembrem-se do porque de estarem juntos. Construam sonhos. Vivam-os. Amem-se, pois o amor está entrando em extinção, e vocês não podem ser extintos.

Um comentário:

  1. Me identifiquei: "quem espera o fim de semana pra se ver".

    ResponderExcluir